A arte de destrinchar (ou não) o elefante…

Aug 23, 2015 by

elefante

 

 por Letícia Klostermann*

Quem de nós nunca se deparou com um problema ou situação tão grande que nem sabia por onde começar? Tudo parece grande demais, longe demais, difícil demais de ser alcançado ou resolvido. Ver uma solução parece tão difícil, para não dizer impossível!

Pois é, situações assim são bem frequentes no dia a dia. Na área profissional por exemplo, quantos de nós queremos ser promovidos e não sabemos o que fazer? Quanto empasse na hora de escolher uma carreira, são tantas opções! Quantos de nós estão infelizes na sua atual profissão? Na nossa vida pessoal, aquela máxima “caso ou compro uma bicicleta” nunca foi tão atual! São tantos os dilemas! Isso quando, além desses “probleminhas”, outros tantos não vêm acompanhados de ‘brinde’. Ai já viu, aquela sensação de impotência acaba batendo…

Em busca de uma solução desesperada, vamos além, pensamos até no mágico: será que se eu invocar a força dos deuses ajuda? Se eu deixar o problema quietinho no cantinho, será que ele desaparece? Se eu prometer ser “boazinha”, alguém alivia pra mim?

A resposta é que infelizmente nenhuma dessas opções são de fato uma opção. Somos nós, e só nós (talvez com uma ajudinha) que vamos ter que resolver. Não existe uma solução mágica.

Mas e por onde começar? Ainda me parece difícil e impossível chegar “lá”, o elefante (o problema) é muito grande!

Bem, vamos por partes. Pode ajudar muito.

Você certamente está vendo o todo (o grande elefante), mas e se você tentasse separar as partes dele? Já tentou fazer isso? Se sim, o que você vê agora? Será que existe algo ainda que pequeno que possa ser feito? Será que não estamos esquecendo de ver as pequenas partes que compõe o todo? Se eu pudesse dividir em parte esse grande elefante, como seria? O que depende de mim e só de mim?

Destrinchar esse elefante, exige tempo, análise e reflexão. Uma vez que você começa ver as pequenas partes que compõe o todo pode ficar mais fácil de ir pouco a pouco resolvendo seu dilema…

A intenção aqui, não é dar a solução mágica para os problemas e nem ensinar ninguém como resolver tudo. O fato é que tenho percebido o quanto é comum as pessoas verem os grandes elefantes e ficarem paralisados diante de tal enormidade.

Por isso sugiro: destrinche seu elefante!


* Letícia Klostermann é formada em psicologia e trabalha com coaching. Contato: leticia_kloster85@hotmail.com

Posts relacionados

Tags

Compartilhe

Comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Receba as novidades do Terapia em dia por e-mail