Um eclipse coletivo da consciência.

Oct 31, 2009 by

O vídeo acima é um dos assuntos que mais teve repercussão na internet neste fim de semana. Trata-se de uma aluna do curso de turismo da Uniban que foi vestida com um vestido um pouco mais curto e causou verdadeiro caos na universidade.

Como ela mesma disse em outras entrevistas, ela já usou esse vestido em outras ocasiões e nunca algo parecido aconteceu. Individualmente as pessoas que estavam na universidade jamais xingariam a moça de “puta”. Mas coletivamente a expulsaram de lá, a agrediram verbalmente e por pouco também fisicamente.

A agitação tomou tamanha proporção que a moça precisou ser escoltada por policiais para fora da sala de aula. Em sã consciência todos que assistem ao vídeo pensam “que absurdo, eu jamais participaria de algo assim!”

Bem, acredito que os alunos da Uniban que participaram do tumulto também pensariam a mesma coisa se estivessem assistindo a uma situação similar ocorrida com outras pessoas.

O que nos transforma nesse monstro quando estamos em grande número é um contágio psíquico de conteúdos coletivos – ou seja – conteúdos que não são nossos.  É como se perdessemos nossa identidade durante um certo tempo e fossemos possuídos por esses conteúdos primitivos.

Essa influência à nossa consciência é algo em que todos estamos expostos , mas ocorre especialmente em pessoas de atitude extrovertida – ou seja – aquelas pessoas que se orientam para fora, sempre em relação ao outro e também com pessoas que abrigam em sua inconsciência sentimentos de inferioridade que emergem num momento de grande agitação e são projetados em um inimigo em comum.

Posts relacionados

Tags

Compartilhe

Comentários