Mudança na data do curso em Londrina (tipos de caráter)

Aug 10, 2010 by

É com GRANDE pesar que aviso aos já inscritos no curso de tipos de caráter que seria dado em Londrina no dia 02 de outubro desse ano que teremos que providenciar outra data.

Peço desculpas e informo que entrarei em contato com todos informando a nova data e aqueles que não puderem comparecer terão suas inscrições devolvidas.

Não é por descaso, nem falta de organização. Simplesmente porque nosso país obriga alguns cidadãos a trabalhar OBRIGATORIAMENTE – e de GRAÇA – nos dias das eleições.

A excelentíssima juíza não acatou meu pedido de alforria, sendo assim “servirei” a nação.

Tanta gente precisando de trabalho, tanto gasta-se nas campanhas… por que não contratar pessoas dispostas a trabalhar nas eleições? Não me lembro de nenhum fiscal ter trabalhado de graça no meu vestibular…

Só um desabafo, sei que o terapia em dia não tem muito a ver com o tema desse post… mas se a idéia do blog é provocar alguma reflexão social, podemos parar para pensar no absurdo do cerceamento da liberdade.

Posts relacionados

Compartilhe

Comentários

  1. Pois é, multa de um salário mínimo… e se a mesa deixar de funcionar por isso é multa em dobro.

  2. Rafael

    detalhe q o juíz que te nomeu com certeza vai estar recebendo os + de 20 mil reais por mês pra trabalhar… e quem é autônomo? perde o dia de trabalho e foda-se? esse pessoal ta precisando tomar vergonha na cara…

  3. Bruno

    Mudei de endereço há uns 10 anos e não atualizei junto ao TRE e NAO irei atualizar. No Brasil só funciona assim, tem que dar um “jeitinho brasileiro” , por isso que não vai para frente. Sei que estou criticando e estou me usando da mesma tática.. rsrsrs, mas trabalhar na eleição eu não vou!!!!! :)

  4. Alessandra

    Você tá certa amiga…. concordo que deveria ser de vontade espontânea trabalhar nisso e (pelo menos) receber alguma coisa (nem que seja simbólica) pra perder alguns dias de trabalho sendo obrigado a ficar lá.

  5. Fausto

    Pois é…
    Fora o fato de que quem é “concurseiro” (meu caso) se ferra… Pq pra entrar em concurso por ae, um dos requisitos é “estar em dias com as obrigações eleitorais”… Concordo em um vez servir as eleições de voluntário… MAS SÓ UMA VEZ!!! (eu fui chamado 4 vezes… na segunda vez eu já tava procurando uma forma de cair fora dessa porcaria.. na quarta vez eu já tava furioso pra mandar aquilo tudo à #¨@&#¨@&%$*#&$#%@¨)…
    Sisteminha sem vergonha esse…
    =D

  6. O Deco

    nas eleições, maior exercício da democracia, aponta-se um monte de cidadãos para trabalho forçado num sistema de voto obrigatório
    eu to cozinhando o tre
    to atrasado jah, uma hora dessas eu vou com alguma desculpa
    da última vez eu estava viajando a trabalho a semana toda
    vo chega com uma dessas de novo

  7. Sabe, eu sou mesária desde os 16 anos. Até aí tudo bem, nunca gostei de ser convocada, mas alguém tem que ser então por que não eu não é mesmo… mas agora minha maior indignação foi ter pedido dispensa por um motivo muito justo – preciso trabalhar afinal de contas – e não ter sido dispensada. Me sinto “presa”, condenada. Afinal minha liberdade foi tirada. E parem para pensar… nosso país hoje conta com milhares de esquemas assistencialistas para a melhor distribuição de renda. Ok, não sou contra. Mas existem várias formas de distribuir renda, uma delas é oferecer trabalho aos que não tem. Ao invés de só doar, poderia haver um sistema de trocas. Quem quer dinheiro trabalha e quem quer funcionário faz o pagamento.
    Os mesários que são empregados podem pedir dispensa no trabalho, e o patrão paga a conta… também não acho certo. Para autônomos pior ainda. Eu vou trabalhar nas eleições, vou arcar com a despesa disso (afinal não vou poder dar o curso) e não vou ser dispensada de dias de trabalho uehheuhe
    Meu deus… Eu digo NÃO ao trabalho escravo.
    Eleições – o maior exercício da democracia??? Nããããão….

  8. Ano que vem transferir meu título. Cansei, me venceram. Nem que eu não vote nunca mais.

  9. Concordo! Mesmo por que, ninguém faz nada satisfeito quando não ganha algo em troca…sinceramente nem acredito muito em voluntariedade, pois até quem doa algo pensa que assim pelo menos ‘Deus’ esteja olhando e o recompense de alguma maneira na vida…

    Rosefly

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Receba as novidades do Terapia em dia por e-mail