Que valores são esses?

Oct 28, 2010 by

Esse vídeo nos mostra o que no dia a dia acaba passando longe de nosso senso crítico: o que será que os valores atuais são capazes de fazer com nosso psiquismo? E como isso se reflete em nosso corpo?

A anorexia não é uma doença nova de forma alguma. Na idade média por exemplo algumas santas faziam jejuns prolongados em uma negação do próprio corpo, mas buscando uma elevação espiritual e um contato maior com o divino. Depois, na época renascentista, o padrão de beleza já era outro: mulheres com curvas, cheinhas, que representavam saúde e boa condição financeira.

Apesar de sempre existirem hoje o que ocorre é o aumento dos distúrbios alimentares. Obesidade, anorexia e bulimia. Todos denunciando um vazio em uma sociedade que tem buscado acabar com a angústia de formas erradas. O ser humano é o único animal adulto que varia seu peso entre 30 kg e 400kg.

Uma recente demonstração dos valores os que estou me referindo pode ser lido em vários sites. É o caso do “rodeio de gordas” da Unesp. Se nem a “nata” intelectual da sociedade é capaz de enxergar o que está fazendo, eu já não sei muito bem quem poderá nos salvar.

Será mesmo que o valor de uma pessoa está em seu manequim pequeno?  Não está. E aqueles que correm atrás desse manequim pequeno com toda sua alma podem acabar perdendo seu corpo para a morte. Como se a conquista desse manequim infantil pudesse trazer de volta uma felicidade. Não traz. E o perigo é que, ao invés da pessoa se conscientizar de que pegou um caminho errado para achar o pote de ouro embaixo do arco-íris, ela pensa que é porque não está magra o suficiente, precisa mais!

Posts relacionados

Compartilhe

Comentários

  1. Muito bom o post. Vou republicar o vídeo no meu blog, com uma referencia pra este site.

  2. Maria Eloiza Pioch

    Que valores são esses?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Receba as novidades do Terapia em dia por e-mail